Gestão Ambiental - Informes

O termo sustentabilidade está em alta nos dias de hoje, o que fica cada vez mais evidente que a consciência ambiental participa como uma peça chave na construção da cidadania. As pessoas avaliam os seus comportamentos em sociedade e em como eles refletem na conservação da natureza, o seu habitat primordial e natural.

Este contexto sai do escopo comportamental de pessoas físicas e também está presente nas empresas, que adquirem responsabilidade e se adaptam às cobranças para assumir uma postural ambientalmente sustentável, obtendo ganhos no sentido legal, quanto no sentido comercial.

A CAVE organizou informações sobre a contextura da Gestão Ambiental, incluindo a história por trás, objetivos, como ela pode influenciar a sua vida, mercado de trabalho e Sistema de Gestão Ambiental – SGA.

Não deixe de compartilhar as nossas matérias. O nosso objetivo é expor conhecimentos técnicos de uma maneira simples, clara e acessível.

 

Você sabe o que é Gestão Ambiental e como ela pode influenciar na sua vida?

A Gestão Ambiental é uma área relativamente nova no mercado. Ela surgiu devido à crescente demanda, por parte dos ecologistas, empresas e legisladores, por políticas que alinhem a visão ambientalista à exploração racional dos recursos naturais. Mas, afinal, o que é a Gestão Ambiental? É uma área de conhecimento e trabalho que visa planejar e aplicar ações ambientalmente corretas em conjunto com as pessoas e empresas. Seu principal objetivo é pesquisar, pensar, idealizar e colocar em prática atividades humanas e empresariais que utilizem de maneira racional os recursos naturais do nosso planeta.

 

Qual a história por trás?

Após a revolução industrial, os problemas como poluição das águas, do solo e do ar, a geração do lixo e outros problemas intensificaram-se. As consequências dessa poluição começaram a serem denunciadas de forma intensiva por meio de documentos oficiais, livros, reportagens e outros meios de comunicação, assim, os líderes políticos de diversos países iniciaram a discussão sobre como lidar e reverter os problemas ambientais.

A primeira grande Conferência realizada no mundo relacionada as questões ambientais, foi a Conferência de Estocolmo, na Suécia em 1972. Vinte anos após essa reunião de chefes de estado, em 1992 foi realizado no Rio de Janeiro a Conferência das Nações Unidas sobre o meio ambiente e desenvolvimento, também conhecida com Eco-92. Nela metas mundiais foram estabelecidas para a diminuição das emissões de carbono na atmosfera além de alguns documentos como a Carta da Terra e a Agenda 21. Com o intuito de renovar e acompanhar os compromissos estabelecidos na Eco-92, foi realizada novamente no Rio de Janeiro, a Conferência Rio+20 no ano de 2012. Os temas principais dessa conferência foram: A economia verde e o desenvolvimento sustentável.

Para cumprir com os acordos estabelecidos e também para acompanhar as mudanças tecnológicas das indústrias e empresas, profissionais especializados para atender a novas demandas foram surgindo.

Nesse contexto, pesquisas e estudos foram nascendo e se ampliando assim como novas profissões ligadas aos problemas ambientais.

 

Quais são os principais objetivos da gestão Ambiental?

  • Uso de recursos naturais de forma racional.
  • Aplicação de métodos que visem a manutenção da biodiversidade.
  • Adoção de sistemas de reciclagem de resíduos sólidos.
  • Utilização sustentável de recursos naturais.
  • Tratamento e reutilização da água e outros recursos naturais dentro do processo produtivo.
  • Criação de produtos que provoquem o mínimo possível de impacto ambiental.
  • Uso de sistemas que garantam a não poluição ambiental. Exemplo: sistema carbono zero.
  • Treinamento de funcionários para que conheçam o sistema de sustentabilidade da empresa, sua importância e formas de colaboração.
  • Criação de programas de pós-consumo para retirar do meio ambiente os produtos, ou partes deles, que possam contaminar o solo, rios, etc. Exemplo: recolhimento e tratamento de pneus usados, pilhas, baterias de telefones celulares, peças de computador, etc.

 

O que faz um profissional da área?

O profissional responsável pela Gestão Ambiental é aquele que maneja — da melhor forma possível — as ferramentas existentes em prol da sociedade e do meio ambiente. Você é apaixonado pela natureza e está sempre pensando em soluções simples que podem amenizar — e muito — os efeitos do consumo desenfreado? Talvez essa carreira seja para você!

O gestor ambiental tem uma importante missão em nossa sociedade: aplicar a responsabilidade ambiental sem afetar negativamente o poder econômico das empresas públicas e privadas. E essa tarefa é muito mais complexa do que você imagina.

Grande parte das empresas brasileiras utilizam os recursos naturais e energéticos de forma errada porque acreditam que aquela atividade é a que exige menos investimentos, economicamente falando. Porém, o que eles não sabem — ou muitas vezes sabem, mas ignoram — é que o descarte irresponsável de materiais tóxicos e o desperdício — de água, energia e bens naturais — podem contribuir para que essas empresas percam muito mais do que apenas dinheiro.

Dessa forma, cabe ao profissional da área encontrar soluções criativas, econômicas e ambientalmente corretas para que as grandes indústrias consigam colocar em prática medidas sustentáveis em suas instalações.

 

A gestão ambiental é realmente importante para as empresas?

A adoção de gestão ambiental é importante para uma empresa por diversos motivos. Em primeiro lugar porque ela associa sua imagem ao da preservação ambiental, melhorando no mercado as imagens das marcas de seus produtos. Empresas que adotam este sistema conseguem reduzir seus custos, evitando desperdícios e reutilizando materiais que antes eram descartados. Empresas com gestão ambiental melhoram suas relações comerciais com outras empresas que também seguem estes princípios.

 

E o Sistema de Gestão Ambiental (SGA), o que é e qual é a sua importância?

Um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) corresponde a um conjunto inter-relacionado de políticas, práticas e procedimentos organizacionais, técnicos e administrativos de uma empresa que objetiva obter melhor desempenho ambiental, bem como, controle e redução dos seus impactos ambientais. Desempenho Ambiental consiste em resultados mensuráveis da gestão de aspectos ambientais das atividades, produtos e serviços de uma organização.

A implementação de um SGA constitui a estratégia para que o empresário, em um processo contínuo, identifique oportunidades de melhorias que reduzem os impactos das atividades da empresa sobre meio ambiente, melhorando, simultaneamente, sua situação no mercado e suas possibilidades de sucesso. A gestão ambiental está fundamentada em 5 princípios básicos que podem ser definidos como segue:

  1.  Conhecer o que deve ser feito; assegurar comprometimento com o SGA e definir Política Ambiental.
  2.  Elaborar um Plano de Ação para atender aos requisitos da política ambiental.
  3.  Assegurar condições para o cumprimento dos Objetivos e Metas Ambientais e implementar as ferramentas de sustentação necessárias.
  4. Realizar avaliações quali-quantitativas periódicas da conformidade ambiental da empresa.
  5. Revisar e aperfeiçoar a política ambiental, os objetivos e metas e as ações implementadas para assegurar a melhoria contínua do desempenho ambiental da empresa.

Atender aos mencionados princípios por meio de uma metodologia prática para a implementação de um SGA é garantia de redução de impactos ambientais e, ao mesmo tempo, de melhoria de imagem da empresa no mercado (ROVERE,et. al., 2000).

Um Sistema de Gestão Ambiental baseado na ISO 14001 é uma ferramenta de gestão que possibilita a uma organização, de qualquer dimensão, controlar o impacto ambiental. Um SGA possibilita uma abordagem estruturada para estabelecer objetivos, para atingir e demonstrar que foram atingidos.

A ISO 14001 é a norma que estabelece os requisitos de implementação e operação do sistema de gerenciamento ambiental. Sua utilização é um meio de garantir às empresas uma administração eficaz e eficiente dos assuntos ambientais.

Um bom gerenciamento ambiental, além de diminuir riscos de acidentes ecológicos e melhorar a administração de recursos energéticos, materiais e humanos, também fortalece imagem da empresa junto à sua comunidade, fornecedores, clientes e autoridades, entre outros.

Traz ainda oportunidades de redução de custos ou mesmo de ganhos devido ao melhor gerenciamento (diminuição, eliminação ou reciclagem) dos resíduos gerados pela atividade produtiva. Também são conhecidos casos em que a certificação ISO 14001 ocasionou valorização dos preços das ações em empresas que estavam participando de processos de fusão ou mesmo de venda (BVQI BRASIL, 2005).

A norma ISO 14001 se propõe a fornecer, a organizações de todos os tipos e tamanhos, elementos para um SGA efetivo, que podem ser integrados com outros sistemas gerenciais para auxiliá-los a atingir objetivos ambientais e financeiros. Esta norma é aplicável a qualquer organização que deseje:

  • Implementar e manter um sistema de gestão ambiental;
  • Assegurar-se da efetiva conformidade aos itens estabelecidos em sua política ambiental;
  • Demonstrar a terceiros tal conformidade;
  • Buscar uma certificação de seu SGA por uma organização independente;
  • Elaborar uma declaração pública de conformidade à Norma.

 

Algumas Vantagens do SGA:

 

  • Redução e eliminação de riscos e responsabilidades ambientais;
  • Acesso a novos mercados e melhoria na competividade empresarial;
  • Evitar desperdícios e redução de custos;
  • Fortalece a imagem da empresa junto à sua comunidade, fornecedores, clientes e autoridades.

 

Para ler os artigos completos que foram fonte dessa matéria, acesse:

UNIPE

Guia do Estudante

Sua Pesquisa

Infoescola

Terra Ambiental

Mundo Ambiente